Nova versão do Apache à caminho da 2.4

Standard

apache-1 Depois de seis anos do lançamento da versão 2.2 o time de desenvolvedores do Apache httpd server, parece estar aquecendo os motores para o lançamento da versão 2.4. Lançada ontem, 7 de março de 2011, a versão Apache httpd 2.3.11-beta altera a arquitetura do módulo de multiprocessamento.

A partir desta versão o módulo de multiprocessamento será carregado de forma dinâmica e os usuários não precisarão mais escolher durante a compilação. Os módulos mpm poderão ser selecionados com um simples restart.

O módulo MPM Event, ainda marcado como experimental no site, já está disponível para uso. Este módulo funciona mantendo a conexão com a primeira requisição aberta, permitindo que requisições futuras usem o mesmo soquete. A idéia é economizar durante a criação de conexões tcp. Vale a pena o teste em ambientes de homologação sob grande carga.

Há também modificações no sistema de log, que permite níveis diferentes para diretórios e módulos. A criação de um módulo para a linguagem LUA e significativas modificações na API.

Siemens é vítima de vírus de computador cinematográfico

Standard

Você já viu essa cena: Um hacker cria um virus especialmente projetado para interferir com um sistema informatizado e ganhar controle sobre as máquinas.  Sem pensar muito me vem a mente Independence Day onde um matemático que não sabia nem que existiam alienígenas cria um virus capaz de infectar o sistema operacional da nave mãe que, por certo, era uma versão antiga do Windows.

virii003
Creative Commons License photo credit: .hj barraza

Já viu no cinema? Então veja na vida real.

Porta vozes da Siemens estão informando ao mundo que a empresa, ou melhor, um dos principais produtos  da empresa, está sendo vítima de um ataque de virus que pode permitir desde simples espionagem (existe espionagem simples?) até sabotagem.

O vírus se propaga via usb drivers explorando uma, segundo o artigo, ainda não resolvida vulnerabilidade do Microsoft Windows. Também segundo o artigo, tudo o que é necessário para infectar o sistema é acessar o drive usb.

Caramba!!! Incrível!!! Os analistas de segurança da europa ainda não aprenderam a desabilitar o “autoexec”  dos drivers usb!

Caramba!!! Incrivel!! A Microsoft ainda não corrigiu essa vulnerabilidade do Windows!

Caramba!!! Incrível!!! A Siemens ainda usa windows em sistemas críticos!!!

Tem gente que não aprende mesmo! Contando ninguém acredita.

Notícia Original

Lagoa Multiphysics, gráficos de gente grande, breve no seu game

Standard

Computação gráfica é coisa de gente grande. Nada que um brazuca decidido não possa fazer bem. Vide Thiago Costa, brazuca, ex global e muito talentoso. Hoje trabalhando na Ubisoft do Canadá, Thiago é um dos principais responsáveis pelo Lagoa Multiphysics.

Trata-se de um motor gráfico para animações reais considerando os efeitos físicos que os corpos sofrem quando em movimento. Aceleração, inércia etc.. etc.. etc… Lembrou? Então faça o seguinte: Imagine que cada grão de areia é uma partícula agora deixe cair um monte de areia em uma mesa. Imaginou? Agora calcule o movimento de cada partícula. Pronto já deu para ver como esse treco é complicado. Então dê uma olhada no vídeo a seguir e veja o que o Thiaguinho anda aprontando…

Lagoa Multiphysics 1.0 – Teaser from Thiago Costa on Vimeo.

Instalando o Acrobat Reader no Ubuntu 9.04

Standard

Ill
photo credit: Pitel

Para variar houve uma alteração nos repositórios do Ubuntu da versão 8.10 para a 9.04. Os pacotes para a instalação do Acrobat Reader que estavam no repositório Medibuntu agora estão no repositório Partner.

Para instalar o Acrobat Reader abra o terminal e primeiro insira o repositório na lista de repositórios em

sudo gedit /etc/apt/sources.list

Copie a seguinte linha e cole no final do arquivo e salve

deb http://archive.canonical.com/ubuntu jaunty partner

Quando voltar ao terminal digite:

sudo apt-get update && sudo apt-get install acroread


Novell vai fazer seminários sobre interoperabilidade.

Standard

Há dois anos a MIcrosoft e a Novell assinaram um acordo para troca de tecnologia e direito de uso de tecnologias para a criação sistemas para criar uma camada de interoperabilidade entre os mundos dos software livre e proprietários.

Novell Linux Penguin
Creative Commons License photo credit: oswaldo

Mesmo com o pouco que sei deste acordo, o vejo com bons olhos.

Vivo em um mundo misto onde a grande maioria dos meus clientes ainda usa sistemas proprietários e diariamente sou forçado a criar uma “camada de interoperabilidade” por minha própria conta para instalar um servidor aqui, controlar uma impressora ali ou simplesmente fazer a implantação de algum sistema em uma plataforma totalmente fechada.  Assim, vejo com bons olhos, qualquer iniciativa que possa permitir mais e melhores negócios para as empresas e pessoas que se dedicam ao software livre e de código aberto. Mas, confesso que sei muito pouco sobre esse acordo e sobre o que essas duas empresas estão fazendo.

E você? Já entendeu? Tem uma opinião formada? Não, então aqui está uma oportunidade.  A Novell vai patrocinar dois seminários sobre o assunto. Neste seminários vão falar sobre o acordo e demonstrar as tecnologias que estão sendo desenvolvidas em comum. Virtualização, Gerenciamento de Identidades, Gerenciamento de sistemas, Interoperabilidade de documentos.

Gerenciamento de Identidades e Interoperabilidade de documentos me interessam diretamente. Infelizmente não estarei presente em nenhum dos seminários. Um será em Porto Alegre no dia 27 de novembro de 2008 e o outro em Belo Horizonte, no dia 26 de novembro de 2008.

Link Original.